Agendar Doação Sangue

Área do Médico

Portal do Colaborador

Saiba como um gesto simples pode evitar gripe, resfriado e até outras doenças

Você sabia que o simples ato de higienizar as mãos, seja lavando com água e sabão ou usando álcool em gel, ajuda na prevenção de inúmeras doenças, tanto no ambiente hospitalar quanto na comunidade?

Grande parte das doenças em nosso meio são transmitidas após o contato de nossas mãos com bactérias, vírus e fungos.

Estes microrganismos causadores de doenças estão presentes tanto em outros indivíduos (doentes ou saudáveis), quanto nos mais variados ambientes e superfícies de uso comum (como maçanetas, cadeiras, mesas, transporte público, celulares, computadores, banheiros, entre outros).

Após entrar em contato com estes microrganismos, as nossas mãos são as responsáveis por levá-los à nossa boca, nariz, olhos e até mesmo a outras pessoas, levando a disseminação de doenças.

O tema é tão importante, que a organização mundial de saúde (OMS) criou o dia mundial de higienização das mãos, que é comemorado anualmente no dia 5 de maio.

Segundo a médica Nathalia Rico Barreira Luzorio, que atende no Centro de Especialidades da Santa Casa de Misericórdia Cachoeiro, a lavagem das mãos quando realizada de forma correta diminui drasticamente a chance de uma pessoa contrair uma infecção. Em caso de ambientes onde não exista água e sabão, como por exemplo, em transporte público, o uso de álcool em gel é o mais indicado.

Principalmente nos períodos mais frios do ano, quando o número de casos de gripe e resfriados aumentam, a higienização das mãos é fundamental para interromper a transmissão destas doenças.

Além do cuidado com as mãos, outras medidas devem ser adotadas para se prevenir a disseminação de doenças.

Segue abaixo algumas dicas para prevenção das principais doenças:

Higienizar as mãos de forma correta, lembrando de retirar os anéis para que os microrganismos não fiquem presos a eles, nos seguintes momentos:

– Após ir ao banheiro

– Antes e após o contato com pessoas doentes

– Antes e após o preparo de alimentos

– Antes de se alimentar

– Antes e após entrar em contato com machucados

– Após o uso de transporte público

– Após tossir ou espirrar

– Sempre carregar na bolsa um frasquinho de álcool em gel

– Sempre que tossir, cobrir a boca com o antebraço ou lenços

– Evitar visitar doentes no hospital quando estiver resfriado ou gripado

Lembrando que prevenir sempre é melhor do que remediar, ainda mais quando se trata de um ato tão simples, fácil e disponível quanto higienizar as mãos.

E você, já higienizou suas mãos hoje?

Confira mais Notícias

Junho Vermelho: Empresa mobiliza funcionários para doar sangue na Santa Casa

Exposição e panfletagem marcam Maio Amarelo na Santa Casa 

Santa Casa ganha R$ 10 mil com Nota Premiada. Saiba como você também pode ajudar

Santa Casa Cachoeiro e Lar de Idosos farão homenagens no Dia das Mães

Paciente internado se emociona ao receber serenata na Santa Casa

Santa Casa Cachoeiro inicia obra para ampliar número de leitos no Pronto Socorro 

Funcionários da Santa Casa são imunizados contra a gripe

Santa Casa Cachoeiro faz blitz educativa e bate-papo para evitar acidentes de trabalho