Agendar Doação Sangue

Área do Médico

Portal do Colaborador

Saiba como um gesto simples pode evitar gripe, resfriado e até outras doenças

Você sabia que o simples ato de higienizar as mãos, seja lavando com água e sabão ou usando álcool em gel, ajuda na prevenção de inúmeras doenças, tanto no ambiente hospitalar quanto na comunidade?

Grande parte das doenças em nosso meio são transmitidas após o contato de nossas mãos com bactérias, vírus e fungos.

Estes microrganismos causadores de doenças estão presentes tanto em outros indivíduos (doentes ou saudáveis), quanto nos mais variados ambientes e superfícies de uso comum (como maçanetas, cadeiras, mesas, transporte público, celulares, computadores, banheiros, entre outros).

Após entrar em contato com estes microrganismos, as nossas mãos são as responsáveis por levá-los à nossa boca, nariz, olhos e até mesmo a outras pessoas, levando a disseminação de doenças.

O tema é tão importante, que a organização mundial de saúde (OMS) criou o dia mundial de higienização das mãos, que é comemorado anualmente no dia 5 de maio.

Segundo a médica Nathalia Rico Barreira Luzorio, que atende no Centro de Especialidades da Santa Casa de Misericórdia Cachoeiro, a lavagem das mãos quando realizada de forma correta diminui drasticamente a chance de uma pessoa contrair uma infecção. Em caso de ambientes onde não exista água e sabão, como por exemplo, em transporte público, o uso de álcool em gel é o mais indicado.

Principalmente nos períodos mais frios do ano, quando o número de casos de gripe e resfriados aumentam, a higienização das mãos é fundamental para interromper a transmissão destas doenças.

Além do cuidado com as mãos, outras medidas devem ser adotadas para se prevenir a disseminação de doenças.

Segue abaixo algumas dicas para prevenção das principais doenças:

Higienizar as mãos de forma correta, lembrando de retirar os anéis para que os microrganismos não fiquem presos a eles, nos seguintes momentos:

– Após ir ao banheiro

– Antes e após o contato com pessoas doentes

– Antes e após o preparo de alimentos

– Antes de se alimentar

– Antes e após entrar em contato com machucados

– Após o uso de transporte público

– Após tossir ou espirrar

– Sempre carregar na bolsa um frasquinho de álcool em gel

– Sempre que tossir, cobrir a boca com o antebraço ou lenços

– Evitar visitar doentes no hospital quando estiver resfriado ou gripado

Lembrando que prevenir sempre é melhor do que remediar, ainda mais quando se trata de um ato tão simples, fácil e disponível quanto higienizar as mãos.

E você, já higienizou suas mãos hoje?

Confira mais Notícias

Cresce número de casos de dengue atendidos na Santa Casa. Veja os sintomas

Santa Casa Cachoeiro só tem sangue para uma semana e faz apelo para doadores

Média de 93 pacientes atendidos por dia na Santa Casa durante o Carnaval

Quer brilhar no Carnaval? Veja os riscos e cuidados com a maquiagem e purpurina

Santa Casa Cachoeiro faz alerta para quem vai pegar a estrada no feriado de Carnaval

Lar de Idosos entra em ritmo de folia e promove tradicional Carnavô

Idosos fazem passeio panorâmico em pontos turísticos de Marataízes

Idosos fazem passeio e tomam sorvete para fugir do calor em Cachoeiro