Agendar Doação Sangue

Área do Médico

Portal do Colaborador

Funcionários viram amigos e amenizam ausência da família de pacientes internados com Covid

Por medidas de segurança, os pacientes internados na Santa Casa de Misericórdia Cachoeiro com Covid-19 não podem receber visitas. Por isso, as únicas companhias são os funcionários dos hospital que procuram sempre uma alternativa para amenizar os momentos de solidão.

No dia a dia, os profissionais da higienização, técnicos de enfermagem e laboratório tem uma importância fundamental para garantir segurança e assistência ao paciente.

De tão presentes, muitas vezes se tornam amigos de quem está internado. A auxiliar de Serviços Gerais Rosângela Solardane, por exemplo, atua na higienização da UTI e sempre encontra uma palavra de conforto para quem está precisando de cuidados.

"A gente trata aquele paciente como se fosse um irmão nosso que estivesse ali", disse. 

O técnico em Análises Clínicas Mateus Belato contou que antes da Covid era possível interagir mais com o paciente, mas com a chegada da doença a rotina foi alterada na hora de colher o sangue.

"A gente chegava, conversava e agora como a gente precisa usar todos os equipamentos de segurança muitas vezes eles nem reconhecem a gente. Nossa rotina mudou bastante".

A Margarete é técnica de Enfermagem e está há 16 anos na Santa Casa. Sua maior alegria é ver um paciente indo para casa, após ter recebido seus cuidados.

"Para nós é uma alegria muito grande quando a gente está ali cuidando do paciente, ele consegue se recuperar aos poucos e depois recebe alta. É uma vitória".

Os três profissionais estão na linha de frente contra a covid-19. Cada um na sua função eles têm em comum o cuidado com o paciente e a necessidade de ficar longe da família por questão de segurança. 

Mas para aproximá-los, o Grupo de Humanização da Santa Casa fez uma homenagem para que, mesmo por vídeo, pudessem matar um pouco da saudade dos familiares. A iniciativa, feita em parceria com o setor de Comunicação, faz parte da série de reportagem Heróis da Vida Real.

"Fiquei muito feliz e emocionada em representar o setor da higienização da Santa Casa", disse Rosângela.

Após a homenagem, a Margarete contou que a Santa Casa faz parte da vida da sua família e que sua filha formou e hoje atua também no Pronto Socorro.

"Nos procuramos trabalhar com afinco, amor e dedicação. Sempre falo que a Santa Casa abraça a causa e está sempre batalhando pela vida".

Apesar da dificuldade, o Mateus não perde a esperança. "Nós somos uma equipe. No começo ficamos um pouco apavorados, mas a gente se uniu e vamos vencer essa doença".

Acompanhe mais este vídeo da série, pelas redes sociais do hospital.

Confira mais Notícias

Junho Vermelho: Empresa mobiliza funcionários para doar sangue na Santa Casa

Exposição e panfletagem marcam Maio Amarelo na Santa Casa 

Santa Casa ganha R$ 10 mil com Nota Premiada. Saiba como você também pode ajudar

Santa Casa Cachoeiro e Lar de Idosos farão homenagens no Dia das Mães

Paciente internado se emociona ao receber serenata na Santa Casa

Santa Casa Cachoeiro inicia obra para ampliar número de leitos no Pronto Socorro 

Funcionários da Santa Casa são imunizados contra a gripe

Santa Casa Cachoeiro faz blitz educativa e bate-papo para evitar acidentes de trabalho