Agendar Doação Sangue

Área do Médico

Portal do Colaborador

Funcionários criam projetos contra desperdício que devem economizar mais de R$ 80 mil

 

A Santa Casa de Misericórdia Cachoeiro realizou uma Campanha de Redução de Desperdícios. As melhores ideias foram premiadas nesta quinta-feira, 1º, com a presença do superintendente Pe. Evaldo Ferreira e os diretores administrativo, Marcelo Coutinho e financeiro, Luciane Pedroni. 

Ao todo, foram inscritas 23 propostas. Os três projetos vencedores prometem reduzir até R$ 82 mil ao ano. 

Entretanto, esse valor poderá ser maior, isso porque, tiveram outras ideias que também são viáveis e serão adotados futuramente. Por isso, receberam uma Menção Honrosa da instituição.

De acordo com o analista de custos Leonardo Ribeiro, um dos idealizadores da ação, os projetos superaram todas as expectativas, e por isso, foi bem difícil escolher as melhores iniciativas.

"Para escolher os vencedores foram criados três critérios de avaliação, são eles: Viabilidade financeira da proposta, ou seja, foram priorizados os projetos que não gerassem custo de implantação para o hospital; Prazo da implantação, os projetos com os prazos de implantação mais curto, e por fim, o que gerasse Maior Redução de Desperdício", afirma Leonardo.

Além desses requisitos, também foi realizada uma análise técnica para averiguar se eles realmente eram viáveis e poderiam ser adotados pelo hospital.

Desta forma, o segundo e o terceiro lugar ficaram com a fisioterapeuta Letícia Teixeira Corrêa, que apresentou os projetos “Substituição das luvas de procedimentos estéreis por por luvas plásticas descartáveis”, impactando uma redução aproximada de R$ 27,3 mil por ano e “Redução do desperdício dos gases medicinais” que gerará um ganho de cerca de R$ 22 mil ao ano. 

Já em primeiro lugar ficou o grupo constituído por Dr. Lorran Coque Fonseca, Dr. Vinícios Barreto Melo, Dr. Lauro Bueno, Enfª. Vera Lúcia P. Gomes e Kissiane Oliveira, que apresentou um projeto de “Padronização e uso consciente dos campos cirúrgicos descartáveis nas cirurgias ortopédicas”. Estima-se que o valor de redução seja em torno de R$ 33 mil por ano. 

A comissão de avaliação da campanha foi formada por uma equipe multidisciplinar composta por Marcelo Coutinho (Direção), Leonardo Ribeiro (Custos), Glauco Andrade (Compras), Flaviana Donato (Enfermagem), Aline Silveira e Cristiane Bittencourt (Centro de Apoio e Desenvolvimento-CADES), Juliana Botura (Comunicação) e Willians Ramos (Manutenção Geral).

Confira mais Notícias

Junho Vermelho: Empresa mobiliza funcionários para doar sangue na Santa Casa

Exposição e panfletagem marcam Maio Amarelo na Santa Casa 

Santa Casa ganha R$ 10 mil com Nota Premiada. Saiba como você também pode ajudar

Santa Casa Cachoeiro e Lar de Idosos farão homenagens no Dia das Mães

Paciente internado se emociona ao receber serenata na Santa Casa

Santa Casa Cachoeiro inicia obra para ampliar número de leitos no Pronto Socorro 

Funcionários da Santa Casa são imunizados contra a gripe

Santa Casa Cachoeiro faz blitz educativa e bate-papo para evitar acidentes de trabalho