Agendar Doação Sangue

Área do Médico

Portal do Colaborador

Família atende pedido e decide doar órgaos de adolescente

O amor ao próximo sempre é a premissa maior, mas até onde as pessoas são capazes de, em meio a dor, lembrar do outro? 

João Gilberto, um adolescente de 17 anos que preencheu os corações de parentes e amigos de esperança, provou que é possível praticar o amor que Deus ensinou mesmo após a partida.

O Jovem enfrentava um tumor cerebral benigno desde os 15 anos, e já havia passado por 16 cirurgias nesse período.

Na última segunda-feira (5), João deu entrada na Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro e, infelizmente, teve sua morte encefálica constatada na quarta-feira (7).

A família, mesmo diante do luto, decidiu atender a um pedido surpreendente de João: doar os órgãos. Adriana Barreto, mãe do jovem,  contou que há um ano a família estava reunida na hora do almoço quando o rapaz viu na TV uma reportagem que falava sobre a importância desse gesto e explicitou seu desejo.

“Eu respondi a ele que deveria dizer isso um dia a sua esposa, ou a seus filhos, porque a lei natural da vida nunca é um pai enterrar um filho. Nós não esperávamos que isso fosse acontecer conosco.”

Na quinta-feira (8), um avião da FAB (Força Aérea Brasileira) veio até a cidade de Cachoeiro de Itapemirim especialmente para captar os órgãos de João.

O momento após a captação foi de grande comoção no hospital. Os amigos da escola do adolescente fizeram um corredor por onde os médicos passaram com os órgãos captados, e bateram palmas como um agradecimento ao amigo por tanta generosidade.

A ação causou comoção também entre os funcionários. Nunca antes, um grupo tão grande teria adentrado a instituição para uma homenagem. Esse momento de tamanha emoção certamente incentivou a todos os envolvidos a abrirem o diálogo sobre o tema em suas famílias. E é justamente o exemplo que incentiva atitudes como a de João.

Foram doados: o fígado, que foi levado para a cidade de BH e os dois rins que ficaram para receptores do Espírito Santo.

A Santa Casa de Misericórdia de Cachoeiro é referência estadual na captação de órgãos. Só neste ano já realizou oito captações com o total de 29 órgãos que beneficiaram pessoas de diversas regiões do Brasil.

Ao longo do ano o hospital promove diversas ações voltadas para esse tema, como forma de conscientizar, desmistificar e mostrar a importância de atitudes como a de João Gilberto.

A ele fica o eterno agradecimento por, mesmo tão jovem, nos ensinar tanto.

Confira mais Notícias

Lar de Idosos terá pintura de ovos e almoço especial de Páscoa

Dia do Rim: Santa Casa Cachoeiro faz exames e orientações para combater doença renal

Urgente: Santa Casa Cachoeiro faz apelo para abastecer banco de sangue

Santa Casa, Lar de Idosos e Fazenda terão programação especial no Dia da Mulher

Santa Casa Cachoeiro forma quinta turma de residência em Clínica Médica

Cresce número de casos de dengue atendidos na Santa Casa. Veja os sintomas

Santa Casa Cachoeiro só tem sangue para uma semana e faz apelo para doadores

Média de 93 pacientes atendidos por dia na Santa Casa durante o Carnaval