Agendar Doação Sangue

Área do Médico

Portal do Colaborador

Serviço de Hemodiálise da Santa Casa promove palestra sobre doenças renais

No Mundo, 500 milhões de pessoas sofrem de problemas renais e 1,5 milhão fazem hemodiálise.

No Brasil a doença atinge 2 milhões de pessoas, sendo que 60% não sabem. O país se tornou o terceiro maior mercado de hemodiálise, cerca de 21 mil pessoas iniciam tratamento todos os anos. Segundo a Sociedade Brasileira de Nefrologia, em 2005 foram 32.329 novos pacientes. Os números apontam ainda que 47% dos pacientes que fazem hemodiálise estão na fila de transplante renal e 25% dos pacientes em tratamento, são diabéticas.

Conhecendo de perto a rotina de um renal crônico, o Setor de Hemodiálise da Santa Casa realizou no dia 18/10, terça-feira, palestra sobre Prevenção de Doenças Renais, visando orientar a comunidade em geral, pacientes e profissionais da área de saúde sobre o tema, procurando chamar a atenção das pessoas sobre as causas, a progressão e a importância de descobrir a tempo e tratar as doenças renais.

A palestra, realizada no Auditório da Instituição, reuniu 80 participantes, dentre eles diversos transplantados, sendo ministrada pelo médico Nefrologista, Dr. Sérgio Damião, que trabalha há anos com pacientes em hemodiálise.

 

Hemodiálise

O Serviço de Hemodiálise da Santa Casa Cachoeiro iniciou-se em 1977 com a diálise peritonial, até então os pacientes eram tratados na capital.

Atualmente a Santa Casa possui um dos maiores serviços do Estado, com 27 máquinas, que trabalham em três turnos para atender em torno de 150 pacientes, realizando mensalmente 1.800 procedimentos.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE OS RINS

O balanço sadio da química interna de nossos corpos se deve em grande parte ao trabalho dos rins. Embora sejam pequenos (cada rim tem o tamanho aproximado de 10 cm), nossa sobrevivência depende do funcionamento normal destes órgãos vitais.

Os rins são responsáveis por quatro funções no organismo:
– eliminação de toxinas do sangue por um sistema de filtração;
– regulação da formação do sangue e da produção dos glóbulos vermelhos;
– regulação da pressão sanguínea;
– controle do delicado balanço químico e de líquidos do corpo.

Como identificar uma doença renal

Pressão alta, Inchaço (sobretudo no rosto, nas pernas e no corpo todo), Sangue na urina, Cólica renal causada por cálculos (pedras), Indícios de infecção urinária (dor, ardor ou dificuldade para urinar, urina mal cheirosa ou turva, aumento da frequência das micções), Palidez cutânea e fraqueza (sem justificativas) podem indicar problemas renais.

Prevenção

Algumas medidas simples podem prevenir o aparecimento de doenças renais:
– Controlar a dieta: evitar o excesso de sal, carne vermelha e gorduras;
– Evitar excesso de peso;
– Fazer exercícios regularmente;
– Não fumar;
– Controlar a pressão arterial e o diabetes;

Além disso, é necessário fazer uso adequado de medicamentos, evitar remédios que agridam os rins, verificar periodicamente o níveis de proteinúria e dosagem de creatinina no sangue por meio de exames, consultar regularmente seu clínico e nefrologista.

Pacientes idosos, portadores de doença cardiovascular e pacientes com história de doença renal em familiares têm grande potencial para desenvolver lesão renal e devem ser investigados com triagem de exames de urina e dosagem de creatinina no sangue.

Fonte: site – Sociedade Brasileira de Nefrologia

Confira mais Notícias

Lar de Idosos terá pintura de ovos e almoço especial de Páscoa

Dia do Rim: Santa Casa Cachoeiro faz exames e orientações para combater doença renal

Urgente: Santa Casa Cachoeiro faz apelo para abastecer banco de sangue

Santa Casa, Lar de Idosos e Fazenda terão programação especial no Dia da Mulher

Santa Casa Cachoeiro forma quinta turma de residência em Clínica Médica

Cresce número de casos de dengue atendidos na Santa Casa. Veja os sintomas

Santa Casa Cachoeiro só tem sangue para uma semana e faz apelo para doadores

Média de 93 pacientes atendidos por dia na Santa Casa durante o Carnaval