Agendar Doação Sangue

Área do Médico

Portal do Colaborador

Metodologia japonesa 5S é adotada pela Santa Casa Cachoeiro

 

A Santa Casa está investindo em organização, infraestrutura e melhor aproveitamento dos seus espaços internos. Para isso, implantou o sistema 5S, método japonês, que vai garantir um ambiente mais agradável para pacientes e funcionários. 

Segundo Aline Silveira, Coordenadora Administrativa da Santa Casa Cachoeiro, a implantação do projeto já tem dado resultado. “Está sendo gratificante ver o empenho da equipe neste projeto. Já alcançamos 70% de nossa meta e mesmo não tendo finalizado o trabalho já é possível colher frutos como: ganho de espaço, facilidade de limpeza e manutenção, melhor controle dos estoques, facilidade de localização e identificação dos objetos e ferramentas”.

Para alcançar a meta foi necessário incorporar uma nova cultura ao hospital, contando com o comprometimento e participação de todos os funcionários. 

 

O que é o programa 5S?

O 5S surgiu no Japão enquanto o país se reconstruía, após a segunda guerra mundial. A metodologia é baseada em cinco palavras japonesas, Seiri, Seiton, Seiso, Seiketsu e Shitsuke,que traduzidas para o português significam “sensos” e cada um está ligado a uma nomenclatura. São elas, senso de utilização, senso de organização, senso de limpeza, senso de saúde e senso de autodisciplina.

O objetivo da metodologia é promover o aprendizado e a prática de conceitos e ferramentas para a qualidade, incluindo cuidados com pessoas, ambiente, equipamentos, materiais, etc. Para que isso ocorra, é preciso investir em programas de qualidade e focar em uma boa gestão e assim, evitar desperdícios.

 

Como funciona a metodologia 5S:

1- SEIRI – Senso de Utilização: Atua na estruturação do espaço, ou seja, eliminar do espaço de trabalho o que não for útil, ganhando mais espaço; reduzir custos; melhorar controle de estoques.

2- SEITON – Senso de Organização: Organizar o espaço de trabalho de forma eficiente, o que gera entre outras coisas, economia de tempo.

3- SEISO – Senso de Limpeza: Limpar e organizar o ambiente de trabalho, tornando-o mais saudável e agradável; reduzir acidentes; melhorar a conservação do local e dos equipamentos; melhorar o relacionamento interpessoal.

4- SEIKETSU – Senso de Padronização e Saúde: Criar normas claras para triagem/arrumação/limpeza Facilidade de localização e identificação dos objetos e ferramentas; Equilíbrio físico e mental; Melhoria de áreas comuns (banheiros, refeitórios, etc); Melhoria nas condições de segurança.

5- SHITSUKE – Senso de Disciplina ou Autodisciplina: Incentivar a melhoria contínua no local de trabalho; Melhor qualidade, produtividade e segurança no trabalho; Trabalho diário agradável; Melhoria nas relações humanas; Valorização do ser humano; Cumprimento dos procedimentos operacionais e administrativos.

 

Confira mais Notícias

Órgãos captados na Santa Casa serão doados para seis pessoas no ES

Clima de festa junina anima pacientes de hemodiálise na Santa Casa

Junho Vermelho: Empresa mobiliza funcionários para doar sangue na Santa Casa

Exposição e panfletagem marcam Maio Amarelo na Santa Casa 

Santa Casa ganha R$ 10 mil com Nota Premiada. Saiba como você também pode ajudar

Santa Casa Cachoeiro e Lar de Idosos farão homenagens no Dia das Mães

Paciente internado se emociona ao receber serenata na Santa Casa

Santa Casa Cachoeiro inicia obra para ampliar número de leitos no Pronto Socorro